fbpx
HyTrade Inbound Marketing

Porque as marcas B2B precisam criar conteúdo com formato longo

por dionei

Por Michael Brito

As marcas precisam aprender a dominar a arte de contar histórias através de narrativas curtas.

A tecnologia torna isso possível e a duração da atenção do consumidor o exige.

Seja um vídeo de 6 a 15 segundos de duração, uma única fotografia, ou 140 caracteres de alguma coisa útil, não há dúvida de que as empresas precisam aprender a contar histórias rápida e eficientemente.

Todavia, com toda a adoração da história contada com curta narrativa, muitas marcas frequentemente se esquecem da longa narrativa e, ao fazê-lo, estão cometendo um grande erro.

A seguir, estão duas razões porque a sua marca não deve abandonar o conteúdo com formato longo.

1. O poder contínuo da busca

Mesmo com o crescimento da mídia social, uma incrível porcentagem de pessoas reais ainda usa as antigas e boas ferramentas de pesquisa. Globalmente, o Google é a homepage de milhões.

Quando foi a última vez que você viu um tweet ou um vídeo do Vine no resultado de uma busca? Eu acho que nunca, a não ser que você estivesse fazendo uma busca sobre uma conta específica ou sobre uma pessoa.

E eu garanto que você nunca verá, no resultado de uma busca, uma atualização no Facebook ou uma foto no Instagram … por motivos óbvios.

Nós fazemos buscas diariamente e, quando as fazemos, estamos numa missão.

Não é como no Twitter ou no Facebook, onde rolamos casualmente através das nossas fontes de informação e verificamos as nossas respostas, mensagens e a contagem dos seguidores. E, então, passamos de fininho para o LinkedIn, para ver quem esteve olhando o nosso perfil.

Quando nós usamos a busca, nós queremos alguma coisa, e queremos agora. Poderia ser entradas para o cinema, informação sobre um destino de férias, ou uma pesquisa sobre a última tecnologia de centros de dados.

A pergunta que você tem que fazer a você mesmo é se o seu conteúdo está ou não realmente aparecendo nos resultados. Se o seu foco e investimento financeiro é puramente contar histórias com narrativas curtas, você está perdendo uma enorme oportunidade de atingir novas pessoas, de vender produtos adicionais e de demonstrar liderança de pensamento.

2. Demonstrando a sua perícia

Uma vantagem de usar a mídia social no espaço B2B é demonstrar liderança de pensamento.

Esperamos que você tenha, trabalhando na sua empresa, alguns engenheiros, cientistas e gerentes de produto realmente inteligentes. E que, provavelmente, eles tenham pontos de vista muito específicos sobre tecnologia, que podem ser usados para começar conversas e para influenciar pessoas.

Dados do Barômetro de Confiança Edelman 2013 nos dizem que, quando se trata de confiança e credibilidade, “pessoas como você”, “peritos em determinados assuntos” e “funcionários de uma empresa” sempre têm uma alta classificação, quando as pessoas estão procurando informação sobre uma empresa.

Mas, é possível demonstrar liderança de pensamento num tweet?

Claro que sim … usando uma série de tweets ou de vídeos. Mas, isto supondo que você tenha uma audiência e que ela esteja realmente prestando atenção em você.

E sobre um CIO (Chief Information Officer) de uma empresa que está interessado em investir em nova tecnologia para centro de dados? Sim, eles podem ir para o Twitter e procurar as suas fontes, o que seria uma dádiva.

Mas, eu garanto o seguinte:

Eles vão para uma ferramenta de busca porque eles sabem, tanto quanto você, que o Google é melhor. Eles querem informação e a querem agora.

Alcançando um equilíbrio

B2B Long Form Content II

Hoje, há um excesso de conteúdo online.

E, consequentemente, há um déficit de atenção nas mentes dos consumidores. Isto torna extremamente difícil atingi-los com a mensagem da sua marca.

Contar histórias com narrativas curtas é importante. É a sua tentativa de atingir os consumidores atarefados e de quebrar a desordem com conteúdo convincente, criativo e visual.

Portanto, eu pergunto o seguinte: porque não tentar facilitar a vida deles, permitindo que eles o procurem?

Você pode fazer exatamente isso, gastando um pouco mais do seu tempo e recursos, contando uma história completa, que tem mais do que 140 caracteres.

Sobre o autor: Michael Brito é um Vice-Presidente da Edelman Digital e autor de Your Brand: The Next Media Company),(em português, A sua marca: a próxima empresa de mídia), que está disponível na Amazon para pedido antecipado. Obtenha mais dados sobre Michael no Twitter.

Fonte: Copyblogger

Tradução e edição: Fernando B. T. Leite

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário

* Ao realizar este comentário você concorda com a nossa política de privacidade.