fbpx
HyTrade Inbound Marketing

Você sabia que 80% dos tomadores de decisão preferem conteúdo em detrimento de publicidade?

por Ricardo De Lucia Leite

Por Ricardo De Lucia Leite

Os últimos anos não têm sido fáceis para os profissionais de marketing, não que os anos anteriores tenham, mas depois do advento da internet, as coisas estão mudando a uma velocidade muito rápida e manter-se nos trilhos da evolução é um desafio e tanto.

Conquistar a atenção dos consumidores passou a ser uma guerra, uma guerra muito mais acirrada do que a Guerra dos Cupcakes! Os pontos de contato com os consumidores aumentaram, as barreiras de entrada diminuíram e os modelos de negócios do mercado de mídia estão mudando muito rapidamente.

E nesta transição, que não tem data para acabar, o maior desafio consiste em saber o que funciona e o que não funciona. O que dá mais retorno e o que dá menos retorno. Nós temos defendido que o marketing de conteúdo não pode ficar de fora desta nova era da informação, por todos os motivos já explicados anteriormente (veja aqui, aqui e aqui). Para corroborar ainda mais a nossa defesa, novo infográfico publicado pela Captora, trás novos dados sobre métricas de sucesso, quais tipos de conteúdo têm o maior ROI, quais são os melhores dias para compartilhar conteúdo em mídias sociais e muito mais. Vamos aos destaques:

Por que as empresas precisam de marketing de conteúdo, sejam elas B2B ou B2C? Bom, segundo o infográfico:

  • ➤ 80% dos tomadores de decisão preferem conteúdo em relação à publicidade;
  • ➤ 61% dos consumidores são mais propensos a comprar de empresas que criam conteúdo customizado;
  • ➤ 50% do tempo dos consumidores online são engajados com conteúdo customizado;
  • ➤ 30% do orçamento total de marketing de uma típica empresa B2B em 2013 foram gastos em marketing de conteúdo.

Todavia, uma das maiores dificuldades dos profissionais está em medir o tal do ROI. Somente 27% dos profissionais estão eficientemente mensurando as métricas de conteúdo.

Já com relação aos principais objetivos perseguidos pelos profissionais de marketing de conteúdo de empresas B2B e B2C, os números mostram que:

  1. Consciência da Marca (B2B: 82% e B2C: 79%)
  2. Geração de Leads (B2B: 74% e B2C: 50%)
  3. Aquisição de clientes (B2B: 71% e B2C: 71%)
  4. Liderança de pensamento (B2B: 68% e B2C: 33%)
  5. Retenção e fidelização de clientes (B2B: 57% e B2C: 65%)

Quando o assunto passa para os tipos de conteúdos que possuem o melhor ROI, pesquisa compilada no infográfico destaca:

  1. Depoimentos de clientes
  2. Caso de estudos
  3. Vídeos
  4. Microsites (computaram um tipo de mídia como tipo de conteúdo, mas não faz mal)
  5. Relatórios técnicos (White Papers)
  6. Resenha de produtos
  7. Posts publicados em blogs (blog posts)

Passando para os tipos de conteúdo que possuem as maiores taxas de abertura, temos:

  1. Infográficos (51,3%)
  2. Guias e eBooks (46,2%)
  3. Posts publicados em blogs (44,1%)
  4. Apresentações em Power Point e afins (42,7%)
  5. Estudos de casos e Relatórios técnicos (35,2%)
  6. Vídeos (20,6%)

Ao observarmos que tipos de métricas os profissionais de marketing de conteúdo de empresas B2B estão usando para medir o ROI, destacam-se:

  1. Tráfico ao site (63%)
  2. Qualidade dos leads passados à equipe de vendas (54%)
  3. Compartilhamentos na mídia social (50%)
  4. Quantidade dos leads passados à equipe de vendas (48%)
  5. Melhorar a classificação nos sites de buscas – SEO (44%)
  6. Tempo gasto no site (40%)
  7. Vendas diretas (39%)
  8. Feedback qualitativo dos clientes (39%)
  9. Links externos apontando para o seu site (34%)
  10.  Aumento na lista de assinantes (32%)

Aqui vale uma ressalva com relação à métrica que mede o aumento da lista de assinantes, pois a quantidade de profissionais de marketing B2B que a estão perseguindo ainda é muito pequena. Para empresas B2B (e B2C também em grau só um pouco menor) a base de assinantes é um dos ativos mais valiosos, portanto, não deixe de acompanhar esta evolução de perto.

Para finalizar, alguns dados que saltam aos olhos, como maior taxa de conversão para empresas que praticam marketing de conteúdo em detrimento daquelas que não praticam. Vejamos:

Taxa média de conversão do site:

  • ➤ Empresas praticantes (2,9%)
  • ➤ Empresas não praticantes (0,5%)

Taxa média de cliques em e-mail marketing (CTR):

  • ➤ Empresas praticantes (3,4%)
  • ➤ Empresas não praticantes (1,8%)

Taxa de conversão de respostas a incentivos de marketing para leads qualificados (MQL):

  • ➤ Empresas praticantes (7,6%)
  • ➤ Empresas não praticantes (1,0%)

E uma última informação interessante do infográfico, os posts de blogs que possuem ponto de interrogação no título possuem 46,3% mais compartilhamentos sociais do que aqueles que não possuem.

Para concluir, o marketing de conteúdo definitivamente não pode ficar de fora do seu mix de marketing, porém isso não quer dizer que você deva substituir o que já está funcionando por ele, mas sim incorporá-lo às outras práticas. Caso precise de ajuda, clique aqui e preencha nosso formulário de contato, que retornaremos o mais breve possível. Combinado?

Veja abaixo o infográfico na íntegra:

Ascend to New Heights in Content Marketing

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário

* Ao realizar este comentário você concorda com a nossa política de privacidade.