fbpx
HyTrade Inbound Marketing

As 3 maneiras mais eficazes de aumentar a sua lista de e-mails

por HyTrade

Por Joe Lazauskas

Como um estrategista de conteúdo, todos os dias eu pergunto às pessoas sobre as suas metas de marketing de conteúdo. Às vezes, eu quase me sinto como um rápido preparador de alimentos. “Você gostaria de ter, junto com isso, alguma geração de leads”? Estas metas variam muito, uma vez que o conteúdo pode impactar tudo, desde as vendas à experiência do cliente, mas há uma meta que é universal: aumentar a sua lista de e-mails.

A newsletter por e-mail continua a ser o canal que causa o maior impacto para atingir a sua audiência – uma linha direta de comunicação não obstruída por algoritmos inconstantes. Mas, aumentar a sua lista pode ser uma tarefa assustadora. É difícil saber quando investir os seus limitados recursos.

Recentemente, a Ascend2 abordou esta questão em sua pesquisa anual sobre o aumento da lista de e-mails. A seguir, há uma visão das táticas mais eficazes escolhidas por 255 influenciadores de marketing.

lista de e-mails

Vamos mergulhar nas três primeiras, tendo em mente que há uma sobreposição entre cada uma delas.

Publicidade na mídia social

Eu fiquei surpreso ao ver a publicidade na mídia social no topo dessa lista, mas, certamente, ela é uma tática que temos usado para ajudar os clientes da Contently a aumentar as suas listas de e-mails. Agora mesmo, não há jeito mais fácil de alvejar grupos de compradores que através do Facebook e do LinkedIn. Você pode descer a detalhes como a localização, o cargo, o nível de renda, os interesses e a empresa.

Mas, por si só, a segmentação social não o ajudará. Há alguns movimentos estratégicos que você pode realizar, se quiser que os clientes lhe permitam acesso às suas caixas de entrada.

1. Conduza os usuários a uma página de subscrição de uma newsletter, através de uma forte chamada para ação

Os anúncios que compelem as pessoas a subscrever diretamente uma newsletter de uma empresa convertem surpreendentemente bem, desde que eles sejam específicos (“receba a newsletter que é a arma secreta dos melhores profissionais de marketing de conteúdo do mundo”) e não ameacem inundar demais a caixa de entrada (“receba a newsletter semanal que é a arma secreta dos melhores profissionais de marketing de conteúdo do mundo”).

2. Conduza os usuários a uma página de uma grande peça fechada de conteúdo

Eu tenho dúvidas sobre o conteúdo fechado – um assunto que cobrirei em minha próxima coluna “Pergunte a um estrategista de conteúdo” – mas os anúncios que enviam as pessoas para uma grande peça de conteúdo têm um baixo custo por clique e, em última palavra, um baixo custo de aquisição para a sua lista de e-mails, uma vez que, pelo menos 20 por cento daqueles que chegarem à landing page preencherão um formulário para se tornarem leads.

3. Conduza os usuários a um post otimizado para a aquisição de e-mails

Esta é a minha tática favorita, que eu cubro em detalhes aqui. Pegue o seu conteúdo mais convincente, otimize o seu site com uma forte ferramenta para a aquisição de e-mails e dê às pessoas a opção de entrar na sua lista. Isto garante que elas receberão valor da sua marca, mesmo que elas decidam não subscrever. Uma vez que conteúdos de alto desempenho têm um custo por clique tão baixo no Facebook, o custo por aquisição continuará a ser baixo, mesmo se apenas 3 por cento dos leitores subscreverem. Ainda mais, isto cria uma cascata de outras ações positivas.

lista de e-mails

Como uma abordagem “ganha-ganha”, mas apenas se o seu site estiver otimizado corretamente.

Marketing de conteúdo

O que fará alguém subscrever para entrar na sua lista de e-mails? A promessa de valor. Isto pode significar cupons e ofertas grátis, mas, assim mesmo, isto significa fantástico conteúdo, que ajudará as pessoas a realizarem melhor o seu trabalho, ou a viver uma vida mais plena.

É claro que todos querem usar o conteúdo para conseguir que as pessoas certas subscrevam a sua newsletter, e, ter acesso à caixa de entrada de alguém, é um enorme pedido. Portanto, garanta que o seu conteúdo os mapeie de volta aos seus personagens de compradores. Se o seu conteúdo abordar pontos dolorosos, lacunas de habilidades e necessidades dos seus compradores, as pessoas terão probabilidade muito mais alta de vê-lo como um recurso valioso.

Também é sábio investir num conteúdo inovador. Como escreveu Shane Snow, cofundador da Contently, em seu manifesto sobre a Situação do Marketing de Conteúdo em 2017, a concorrência pela atenção do consumidor nunca foi tão feroz, e “as marcas precisam começar a criar conteúdo incrível, ou os consumidores desligarão completamente”. O grande conteúdo é agora um jogo de tabuleiro, e há pouca chance de que um leitor pressione o botão “subscrever” a não ser que ele tenha acabado de ler, ou de assistir algo assombroso.

A otimização para as máquinas de busca

Uma tendência que vemos em todos os clientes da Contently é que os leitores que veem da busca são os mais engajados, em comparação com os que veem de outros canais. Os nossos clientes são pesadamente indexados como B2B e finanças, logo, isto faz sentido. As pessoas que veem da busca geralmente estão procurando resolver um problema, e elas ficam felizes em subscrever para receber um recurso gratuito, que lhes forneça a solução. É por isso que você precisa garantir que as suas páginas de artigos e que as páginas subscritas estejam otimizadas para as palavras-chave alvejadas.

Como todo profissional de marketing sabe, isto é mais fácil dizer que fazer – e isto é verdade para estas três táticas. Não apenas foram estas abordagens votadas como sendo as mais eficazes, elas também foram classificadas como as mais difíceis de executar. Se houver algo comum que facilite todas elas, é o forte conteúdo, que seja relevante para a sua audiência alvo.

Uma vez que você comece a construir uma forte lista de e-mails, uma audiência engajada numa newsletter cria uma cascata de engajamentos em todos os demais canais. Uma das minhas atividades favoritas ainda é observar os picos do nosso tráfego após enviarmos a nossa newsletter e os nossos leitores compartilharem nossa histórias em suas redes sociais.

newsletter

Em outras palavras, se você jogar bem as suas cartas, você estará mais que pronto para receber o pedido do seu CMO.

[wt_divider_dotted margin_top=”20″ margin_bottom=”20″]

Materiais gratuitos para você baixar!

[wt_portfolio column=”2″ ids=”769,4654″ desc=”false” category=”false” more=”false” moreText=”Leia Mais »” order=”DESC”]

Sobre o autor: Joe Lazauskas é Editor Chefe da Contently e um jornalista técnico e de marketing. Conecte com Joe em: @joelazauskas

Fonte: The Content Strategist

Tradução: Fernando B. T. Leite

Imagem por Marco Simoni / Getty

Content Strategist Logo® Copyright: Todos os artigos da Contently são traduzidos e republicados com autorização.

 

 

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário

* Ao realizar este comentário você concorda com a nossa política de privacidade.