fbpx
HyTrade Inbound Marketing

Como as cores afetam as taxas de conversão

por dionei

Por Janelle Johnson

Quando se tratar de marketing online, o ritmo para o qual os especialistas estão batendo os seus tambores é o conteúdo de alta qualidade. Incontáveis blog posts, documentos técnicos (whitepapers) e infográficos têm sido dedicados às várias atualizações do Google, que recompensam conteúdo de qualidade e empurram conteúdo patrocinado, mal escrito, e/ou de baixa qualidade para a parte de baixo da pilha. Há tanto foco no jogo do SEO (otimização para as máquinas de busca) para atrair leads, que, às vezes, certos fatores importantes (que poderiam aumentar ou diminuir as suas taxas de conversão) não obtêm tanta atenção.

O design é importante

Não importa se as suas peças de marketing online são muito bem escritas, pois, se elas não forem capazes de atrair a atenção do leitor, elas não serão eficazes. Muitos estudos têm focado neste ponto, destacando que os leitores online gostam de procurar palavras chave e passam rapidamente pelas páginas, ao invés de ler da esquerda para a direita e de cima para baixo. Se você quiser impulsionar as suas taxas de conversão, você precisará entender estas tendências e então usa-las para dirigir os olhos do leitor para o caminho da conversão.

Cor e conversão: há uma conexão?

Um estudo de 2006 observou as relações existentes entre como as pessoas se sentiam a respeito de marcas e as cores que foram usadas nos materiais de marketing. Os pesquisadores descobriram que os profissionais de marketing eram capazes de influenciar apetites, estados de espírito, paciência e ansiedade com sucesso através da escolha da cor certa para o trabalho. Está claro que as cores podem afetar a maneira como as pessoas se sentem, mas, pode você usar as cores para influenciar como elas agem?

Testes revelam que um dos fatores mais importantes de conversão pode, na realidade, ser a cor.

Cor versus cor: os estudos de casos

taxas de conversãoQuando se tratar de marketing, a prova está no pudim. Veja, a seguir, alguns estudos de casos recentes para mostrar como as cores podem, nestas situações, afetar as taxas de conversão:

  • Vermelho versus verde. Quando os elaboradores do aplicativo de saúde CareLogger quiseram impulsionar as conversões, eles escolheram uma abordagem passo a passo para redesenhar a sua landing page. Para medir separadamente os resultados de cada mudança, eles testaram individualmente um novo título, a cor dos botões e o texto dos botões. O efeito geral foi um aumento de 72% nas conversões, 34% das quais foram atribuídas à simples mudança da cor dos botões de verde para vermelho.
  • Azul versus amarelo. O guru de marketing online Neil Patel juntou várias pesquisas sobre como as cores afetam as nossas emoções e como a cor pode contribuir para o reconhecimento de uma marca e para aumentar o seu gasto. Ao discutir esses estudos, Patel fez um teste para ver se ele seria capaz de melhorar as suas próprias conversões mudando a cor dos seus botões de azul para amarelo. O resultado? Um aumento das taxa de conversão de 38%.
  • Acentuar o positivo. Este estudo de um conjunto de botões para uma empresa de agendamento olhou para ver como as pessoas se inclinavam para opções que pareciam ser a mais diferente. Na landing page original, foram apresentadas três opções: grátis, cara e média. A meta era dirigir mais pessoas para a média. Inicialmente, as três opções tinham visualizações semelhantes e então foi mudada apenas a cor do botão “média”; isto provocou um aumento da conversão de 95% (!!).

A importância dos testes A/B

Esta claro que a cor desempenha um papel importante quando se trata de conversões. Você pode olhar para a pesquisa que diz que o vermelho faz as pessoas ficarem com fome e que o azul faz as pessoas se sentirem fortes, mas isto não trará os resultados que você quer, se isto não for o que os seus clientes estão sentindo no contexto da sua peça de marketing. O truque então é descobrir quais cores os seus clientes querem ver – e os testes A/B são a sua passagem para o sucesso.

Os testes A/B, às vezes chamados de testes de simples escolha, apresentam duas versões de uma página para ver qual delas tem um melhor desempenho. Para obter os melhores resultados dos testes A/B – especialmente quando se tratar de teste de cores – é essencial fazer as duas páginas idênticas, exceto por uma única coisa, que é a que você está testando. De outra maneira, você não saberá se o que aumenta ou diminui as taxas de conversão está relacionado à mudança de cores, ou se pode ser atribuído a qualquer outra mudança.

Tenha em mente que os testes A/B frequentemente podem apontar que a nossa intuição sobre cores estão erradas. Olhando para o teste das cores verde e vermelho do primeiro estudo de caso, a suposição inicial era que o verde traria melhores resultados. A suposição do profissional de marketing era de que as pessoas tipicamente associam a cor verde a ir em frente e a cor vermelha a parar. Imagine qual foi a surpresa dele, quando os resultados apontaram claramente que o vermelho foi o vencedor.

Confie nos números

A chave para aumentar as conversões online é testar, testar e testar – e então acreditar nos resultados. Em todos os estudos de casos apresentados, os profissionais de marketing tinham suposições sobre o que funcionaria melhor e foram, algumas vezes, surpreendidos pelos resultados.

Em alguns casos, você pode descobrir que uma cor ou desenho que você considera serem visualmente mais atrativos tem um pior desempenho, em comparação com o que você acha menos atrativo. Resista à tentação de confiar no seu próprio julgamento e confie nos números. Frequentemente a combinação vencedora tem um bom desempenho porque ela é menos atrativa e, portanto, desperta a atenção. Lembre-se que o desempenho é sempre a principal prioridade do profissional de marketing, mesmo que você não goste do aspecto visual das páginas que funcionam.

Sobre a autora: Janelle Johnson é uma profissional com experiência de mais de 15 anos no mercado trabalhando em grandes e pequenas empresas. Atualmente ela é Diretora de Geração de Demanda na Act-On Software, Inc.

Fonte: Act-On Software

Tradução: Fernando B. T. Leite

Act-On agency partner logo® Copyright: A HyTrade é agência parceira da Act-On e todos os artigos são traduzidos e republicados com autorização.

 

[wt_divider_dotted margin_top=”20″ margin_bottom=”20″]

Materiais gratuitos para você baixar!

[wt_portfolio column=”2″ ids=”2984,2983″ desc=”false” category=”false” more=”false” moreText=”Leia Mais »” order=”DESC”]

Você também pode gostar desses artigos

Deixe um comentário

* Ao realizar este comentário você concorda com a nossa política de privacidade.